Publicado por: mpv | 1 de fevereiro de 2011

América Latina

América Latina

É a parte do continente americano que vai do México até o Chile e a Argentina, formada por países de língua latina: português e espanhol. Mas a América latina não é exclusivamente latina, pois foi colonizada também por holandeses, franceses e ingleses, por isso encontramos uma multiplicidade de línguas, convivendo no mesmo espaço.

 

Quais as características comuns aos países da América Latina?

 

1. Colonização: foram colônias de exploração, usados pelas metrópoles para aumentar suas riquezas.

 

2.Subdesenvolvimento e dependência: devido ao passado colonial, os países latinos, mesmo após sua independência política, continuam subordinados aos interesses dos países desenvolvidos.

Neste século, os USA comandam e influenciam a economia e a política dos países Latino-Americanos. A presença de empresas multinacionais, as dívidas externas, a compra de tecnologia avançada, a dependência do mercado externo para a venda de seus produtos, são características de uma economia dependente e subdesenvolvida.

Exemplos: a maioria dos países Africanos, América Central e do Sul e do Sudeste da Ásia.

 

3. Nível de vida da população: as diferenças sociais na América latina são marcantes como a grande concentração de renda. No Brasil, os 10% mais ricos ficam com mais de 50% da renda nacional e os 60% mais pobres, com apenas 16% desse total. As taxas de analfabetismo chegam a atingir 47% da população de Honduras; a expectativa de vida em países como a Bolívia e o Haiti é de apenas 49 anos.

 

4. Situação política: os governos latinos são no geral autoritários e sem preocupação com os interesses da população. Por causa das grandes diferenças sociais, as elites dominantes são antidemocráticas e extremamente autoritárias. Nas regiões mais desenvolvidas, com a urbanização e modernização, surgiu uma significativa classe média que provocou transformações na vida política dos países, mas o autoritarismo permaneceu disfarçado, com práticas aparentemente “populares” visando o apoio das classes de baixa renda, que são a maioria da população.

Apesar das grandes semelhanças os países latinos possuem muitas diferenças entre si principalmente na economia – países industrializados (Brasil, México, Argentina) e outros eminentemente agrícolas (El Salvador, Cuba, Guatemala, Haiti), que produzem banana, cana-de-açúcar, café, tabaco, etc.

 

Como integrar a América Latina?

Por causa dos governos autoritários, da vida política pouco democrática, do baixo padrão de vida que dificulta a circulação de pessoas entre os países, a integração latino-americana parece difícil.

Em termos econômicos foram criadas organizações regionais visando o fortalecimento da produção e do comércio entre os países membros.

ALADI: Associação Latino Americana de Desenvolvimento e Integração (1930).

– MCCA: Mercado Comum Centro Americano.

– Pacto Andino: (1969).

– Caricom: Comunidade e Mercado Comum do Caribe (1973).

– MERCOSUL: Mercado Comum do Sul (1991).

A integração regional do MERCOSUL tem sido dificultada pelas dificuldades econômicas enfrentadas pelos países.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: