Música

A Música como forma de Expressão Social

 

A música sempre foi uma das formas mais claras e diretas de expressão do homem. Muitas vezes utilizada para expressar amor, desejos, alegrias, contar histórias ou simplesmente transmitir uma emoção, muitos compositores brasileiros, ao longo de nossa história destacaram-se na composição de músicas críticas ao governo, à política, à guerras, a opiniões, etc.

“A história da música popular brasileira guarda capítulos de nossa contestadora classe artística. Insatisfeitos com a repressão dos militares, compositores disseminaram suas críticas por meio de letras que se tornaram a trilha sonora da ditadura no Brasil.” (fonte: www.censuramusical.com )

Desta forma, segue abaixo uma listagem de links para algumas músicas de grande importância na construção da cultura nacional, tendo sido algumas delas censuradas ao longo da história brasileira, principalmente durante o período da Ditadura Militar (1964-1985).

Geraldo Azevedo – Canção de Despedida

Chico Buarque e Milton Nascimento – Calice

Chico Buarque – Construção

Chico Buarque – Deus lhe pague

Geraldo Vandré – Pra não dizer que não falei de flores

Elis Regina – Como nossos pais

Elis Regina – Manifesto

Elis Regina – Alo, alo marciano

Legião Urbana – Que país é este?

Legião Urbana – Geração Coca-Cola

Legião Urbana – Fábrica

O Rappa – Miséria S.A.

O Rappa & Sepultura – Ninguém regula a América

Roberto Carlos – Debaixo dos caracóis do seus cabelos

Paralamas do Sucesso – Calibre

Paralamas do Sucesso – Luis Inácio (300 picaretas)

Raul Seixas – Aluga-se

Raimundos – Deixa eu falar

Gabriel O Pensador – Até Quando

Gabriel O Pensador – Brazuca

Gilberto Gil – Não chore mais

Caetano Veloso – London London

Caetano Veloso – Podres Poderes

%d blogueiros gostam disto: